0
Monte Crasto abre-se à corrida noturna

daniel pinheiro696

(Daniel Pinheiro é padrinho da prova)

O desafio não será dos mais fáceis: trata-se de subir até ao Monte Crasto – que vai estar aberto, uma novidade –, duas vezes. E de subir uma vez ao Calvário. E tudo isto de noite.

A ideia do ultramaratonista gondomarense Luís Pereira colheu rapidamente a simpatia da Câmara e concretiza-se na noite de 25 de julho, a forma da 1ª Gondomar Night Run. Porque não houve nunca corridas noturnas no concelho e porque a colaboração entre a autarquia e a Confraria de Santo Isidoro permitiu, finalmente, acertar a abertura do ex-líbris gondomarense à entrada de todos. E o que espera os corredores, quando atingirem Monte Crasto, no ponto mais alto da prova (que soma 10 km e um desnível positivo de 300 metros), é a ampla vista sobre as luzes do Porto, até à imensidão do mar. A Gondomar Night Run conta já com mais de sete centenas de inscritos, inclui uma caminhada de seis quilómetros e tem a apadrinhá-las os atletas Daniel Pinheiro e Mónica Silva.

O atleta do Maia AC aceitou apadrinhar a Gondomar Night Run por entender ser um reconhecimento do seu percurso recente. Daniel Pinheiro foi o vencedor português da corrida Mundial Wings For Life, com 67km corridos. Promete dar o melhor até ao Monte Crasto e aconselha os participantes a pouparem esforços antes da subida. Já Mónica Silva, atleta do Benfica, apoiará os corredores, mas não poderá correr com eles, por se entrar em paragem antes da preparação para a próxima maratona.

0 comentários

Leave a Reply

Faça login para comentar