Ester Alves e Luís Fernandes na ultra mais alta

esterisere696

65 km, 10.000 m DAC e vários cumes acima dos 3000 metros de altitude. A seco, estes são os números que vão ter de digerir os atletas que alinharem este domingo na partida no Ice Trail Tarentaise, na vila de Val d’Isère, nos Alpes franceses. É considerada a mais alta ultra corrida de montanha da Europa. Para se ter uma ideia, registe-se que o ultracorredor catalão Kilian Jornet, que detém o recorde da prova, precisou de dedicar-lhe 7h35.

Entre os melhores do mundo estará a portuguesa Ester Alves, que vai testar a resistência acima dos 2500 metros de altitude e a recuperação da forma, quinze dias depois de uma prestação que não correu como esperava no Lavaredo Ultra Trail. “Tenho receio, vai ser uma luta interna e uma superação pessoal fazer esta prova. Quero acima de tudo provar a mim própria que estou recuperada e consigo correr na verdadeira alta montanha.”

A atleta da Salomon Suunto Portugal vai representar a Federação de Montanhismo e Campismo de Portugal, juntamente com os atletas madeirenses qualificados nas Sky Series, Luís Fernandes, Leonardo Diogo e Manuel Faria. Entre as mulheres, as favoritas nesta prova do calendário da International Skyrunning Federation  e do campeonato de Skyrunning Continental são Emelie Forsberg, da Salomon Internacional e duas vezes vencedora do Ice Trail Tarentaise, Anne Lise Rousset e Magdalena Laczac. Nos homens, o grande favorito à vitória é Luis Alberto Hernando, campeão do mundo de Skyrunning e 2º classificado de Zegama, Manuel Merillas Moledo e Sebastien Spehler, campeão de França em 2013.

A prova arranca domingo, às quatro da manhã, e terá no primeiro terço a sua maior dificuldade, com uma subida de 8 km para vencer 1500 metros de desnível e atingir o cume de La Grande Motte, a 3653 metros de altitude.

 

0 comentários

Leave a Reply

Faça login para comentar