777: já só faltam três continentes a Maria

tunis696

Era muito cedo, esta manhã, quando a corredora de fundo portuguesa Maria Conceição fez saber que terminara a quarta maratona em quatro dias seguidos, em quatro continentes diferentes, para o Desafio 777. Foi na Tunísia, de onde arrancou ainda de manhã para Nova Iorque. Faltam três corridas para Maria Conceição cumprir o ciclo de sete, com o qual quer trazer luz sobre a Fundação Maria Cristina, que criou para promover a educação das crianças dos bairros de lata de Dhaka, no Bangladesh.

Com este desafio, pensado pela Marathon Adventures, Maria quer de novo arrebatar recordes do Guinness em nome da solidariedade. Depois da Oceania, da Ásia, da Europa, e do Norte de África, o Desafio 777 atravessa mares até à América do Norte, desce à do Sul e conclui a festa na gelada ponta do mundo, a Antártida, este sábado, dia 14.

Maria Conceição já detém três recordes do Guinness e corre agora à conquista do quarto. “Eu farei tudo para manter a fundação viva. Eu corro pelos meus 200 meninos”. Com a participação no Desafio 777, Maria Conceição quer angariar o suficiente para pagar as faturas escolares atuais e arrancar um novo ano académico sem pontas soltas. São 68 mil dólares. A prova desta quinta-feira decorre num parque de Long Island, em Nova Iorque. Segue-se uma viagem longa até Punta Arenas, na Patagónia chilena, para correr sob ventos fortes esta sexta-feira. O fim da aventura está marcado para o frio da Antártida, em torno do centro de investigação de King George Island. O Desafio 777 conta com atletas de 13 países, o mais velho dos quais tem 77 anos.

Ivete Carneiro

0 comentários

Leave a Reply

Faça login para comentar