Paleozóico? É queijo, vinho e trilobites.

paleo696

Com um assumido piscar de olho aos iniciados, os Trilhos do Paleozóico regressam às serra de Santa Justa e Pias para a sua terceira edição no fim de semana de 14 e 15 de Março. A prova, integrada no Circuito Nacional de Ultra Trail, promete ser uma viagem pelo lado desconhecido de Valongo.

“É um percurso bonito”, garante Luís Pereira, ultamaratonista e organizador dos Trilho. Para lá de Couce, um pequeno canto do paraíso passado que foi Portugal, escondido na margem do Rio Ferreira, a escassos 20 minutos do Porto, as corridas mais longas enfiam-se por gargantas apertadas (Alto do Castelo e Fragas do Diabo), sobem aos 385 metros de altitude para vistas abertas (Serra de Pias), à tranquilidade domingueira da Capela de Santa Justa, atravessam uma ponte móvel e descem, até, ao azul da lagoa da Empresa das Lousas.

Os Trilhos do Paleozóico oferecem as habituais média e longa distâncias (23 e 48km) e a caminhada/trail curto, que este ano pretende ser uma espécie de tubo de ensaio para aqueles que até gostariam de experimentar o trail mas dizem ter “medo”. A organização propõe um percurso de 12km pelo Corredor Ecológico de Valongo, na margem do Rio Simão e do Rio Ferreira, com passagem pela aldeia de Couce, classificada como “Aldeia de Portugal”. A promessa é de um desnível positivo de menos de 200 metros e de vinho e queijo da quinta das Arcas, lenço e medalha no final, como nas provas grandes, “para cativar” novos adeptos. A prova rainha conta com 2400 metros de desnível positivo e a de 23 km sobe cerca de 1100 metros.

No dia 14, sábado, o tempo é para as crianças, com o “Trail dos pequeninos” num circuito de 200 metros na aldeia de Couce. Aberto a participantes dos três aos 16 anos, integra corridas de 200 a dois mil metros. A participação é gratuita, mas implica inscrição até 7 de março, por oferecer lanche e T-Shirt aos mini-atletas. A parte da tarde é dedicada à feira do trail e às jornadas técnicas, com palestras com o treinador Paulo Pires, um nutricionista e um psicólogo do desporto, num evento que conta com o apoio da Câmara de Valongo.

Já restam menos de metade das 155o inscrições, que mudam de preço a partir de 21 de janeiro e podem ser efetuadas em Trilhos do Paleozóico.

Ivete Carneiro

0 comentários

Leave a Reply

Faça login para comentar