1
Fell Race adiada para dezembro

felll.696

O desafio é novo na selva urbana: a ideia é partir de um ponto, assinalado com um feixe vertical de luz, e tentar passar por outros dois antes de regressar ao primeiro. É a Fell City Race e deveria estrear-se em Portugal na sexta-feira 7 de novembro à noite, na Foz, no Porto. O nome escolhido, contudo, levantou questões com a Porto City Race, prova de orientação pedestre que decorreu em outubro, pelo que a organização optou por adiar a Fell por cerca de um mês, enquanto resolve a questão.

O conceito foi importado da montanha pela All About Sport Events e terá nesta edição zero um teste para a série de Fell City Races que Paula Santos e Marco Silva vão organizar pelo país fora, à margem das comemorações dos 600 anos da Rota do Infante, durante o ano de 2015.

“Inspiramos-nos nas iniciativas que a Confraria Trotamontes faz na altura do Natal na Serra da Freita, em que temos de ligar pelo caminho mais rápido pontos onde estão marcos geodésicos com bandeiras”, explicou Paula Santos ao JN Running. Na Fell City, cujo padrinho é José Moutinho, mentor da Trotamontes, o que se liga são monumentos históricos. É como uma prova de orientação, mas sem mapa, com navegação à vista.

O ponto de partida está definido: é o Forte de S. João Baptista, na Foz. Os pontos de controlo só serão conhecidos no momento da partida, estando inscritos no dorsal que será entregue a cada um dos participantes. Até lá, a All About vai publicando no site e na página do evento no Facebook os vários monumentos daquela zona da cidade, entre os quais os dois de controlo, de modo a que os participantes possam estudar percursos.

No final, a festa contará com aquela que já é imagem de marca da All About Sport Events, responsável pela organização de treinos de corridas:o “fast recovery”, um lanche com tudo de bom.

IC

1 comentário

Leave a Reply

Faça login para comentar

  • António Pereira

    29.10.2014

    A não perder!