1
Jungle: Portugueses terão sido penalizados por beber coco

jungle.696

Carlos Sá e Carlos Coelho abandonaram a Jungle Marathon, na Amazónia, depois de terem sido penalizados em duas horas por terem bebido água de coco. A prova é feita em auto-suficiência, mas terá sido expressamente perguntado se podiam beber essa água, geralmente oferecida nas comunidades atravessadas, ao que a organização terá repsondido que sim, contou ao JN Running Hugo Quaresma, o português emigrado em Santarém do Pará que está mais perto dos atletas portugueses.

Hugo falou com Carlos Coelho, que lhe relatou o sucedido e garantiu que todos os concorrentes beberam. Carlos Sá terá sofrido além disso outra hora de penalização por ter perdido um bidão de água na selva. Recorde-se que o ultramaratonista seguia na primeira posição da corrida de seis etapas. A situação terá gerado alguma celeuma, levando dois outros concorrentes brasileiros a desistir. As classificações do quarto dia foram libertadas com um dia de atraso, dando conta de que os atletas desistentes não teriam terminado a etapa.

A atitude da organização, dirigida por uma irlandesa, tem sido alvo de fortes críticas nas redes sociais. Carlos Sá denunciou mudanças de quilometragens e percursos em cima da hora e falou em “humilhação” dos atletas, além de apontar a falta de segurança. Carlos Coelho contou a Hugo ter estado ao lado de jaguares e ter visto concorrentes a subir árvores para se proteger.

Entretanto, a organização publicou na sua página de Facebook uma foto de pés muito estragados dizendo que agora se separavam as crianças dos adultos. Os comentários de desagrado foram sendo apagados e os seus autores bloqueados.

1 comentário

Leave a Reply

Faça login para comentar

  • Pedro Igor

    11.10.2014

    Ridículo… Uma organização ridícula e que se serve de qualquer pretexto para “desviar” atenção da sua falta de competência. “Pés estragados”? Eu estive ao lado do Carlos Sá no MDS, especialmente em 2013 e sei o que é alguém que mesmo tendo os pés em sangue, com feridas se recusou a desistir, muitos de nós naquelas condições teria desistido… Organizações de merda que fazem pensar se vale a pena andar a perder tempo com isto… Chega!