0
AX Trail: finalmente a corrida de quem não pode

joelette696
Sabem o que é uma Joelette? Pois vão andar umas quantas pela Serra da Lousã no domingo 19 de outubro, para quem quiser ver de perto a materialização da solidariedade, da tolerância e do respeito pela diferença. O AX Trail Series /Ultra Trail Aldeias de Xisto (UTAX) traz a Portugal a primeira corrida de Joelettes, que mais não são do que cadeiras todo-o-terreno de uma só roda, adaptadas ao transporte de pessoas portadoras de deficiência e com mobilidade reduzida em zonas montanhosas ou de piso irregular. Neste caso, em modo de corrida por “trilhos de outra forma inacessíveis”, com quatro atletas voluntários, sendo que o “papel principal” é da pessoa transportada.

A tradição das corridas de Joelettes é grande em França, país onde nasceram e onde se realiza um campeonato do mundo desde 2007. “Quisemos abraçar projetos sociais”, explicou ao JN Running João Lamas, organizador do AX Trail/UTAX. A empresa promotora do evento, a Go Outdoor, é a representante em Portugal das cadeiras, através da Floema.

A corrida é gratuita e terá 10 km e parte às 10 horas do Coentral para Castanheira de Pêra, estando já garantida a participação de seis cadeiras e uma sétima por confirmar. A ARCIL – Associação para a Recuperação de Cidadãos Inadaptados da Lousã apoia o AX Trail da Inclusão e participa com dois atletas nas suas Joelettes. O Núcleo de Espeleologia de Leiria garante outros dois. A Go Outdoor e o município do Pombal também entram em prova.

Provas para todos os gostos

O AX Trail series é um dos maiores eventos de corridas por trilhos a nível nacional, tendo este ano garantidos 1300 participantes nas três provas maiores, quase o dobro de 2013. “Com acompanhantes, chegará às 2000 pessoas, num território com 3000 habitantes”, acredita João Lamas, explicando que o evento quer promover turisticamente toda a região da Serra da Lousã e das Aldeias de Xisto, abarcando Castanheira de Pêra, Lousã, Miranda do Corvo, Penela e Góis.

A iniciativa vai no sétimo ano, com o maior trail, de 109 km e 5650 metros de desnível positivo (D+), a entrar na terceira edição e com mais de 300 atletas inscritos. Arranca às zero horas de sábado, em Castanheira de Pêra, com promessa de passagem por nove aldeias de xisto e quatro praias fluviais. A organização ousou avançar aos três dígitos por saber que são “míticos” para quem se lança em ultra desafios. E, assim como assim, “a variedade de percursos é tão grande na Serra da Lousã” que é possível correr tamanha distância, num tempo limite de 24 horas. De notar que a prova confere três pontos para o Ultra Trail du Mont Blanc.

Na manhã de sábado arrancam também o Trail Serra da Lousã conta com 42 km e 2500 metros de D+, o Mini-trail, com 20km e, pelo mesmo trilhos mas em ritmo de passeio, a caminhada “Caminho do Xisto”.

Domingo, para lá do AX Trail da Inclusão, haverá pela primeira vez uma prova para os mais pequenos, o AX Trail Kids, para crianças dos seis aos 16 anos. Tal como a corrida das Joelettes, é gratuito, mas de inscrição obrigatória.

0 comentários

Leave a Reply

Faça login para comentar