0
Um fim de semana de resultados

MensPack-Lisbon14696

Foi batido o recorde da distância rainha em Portugal: o queniano Samuel Ndungu fechou ontem a Rock’n’Roll Maratona de Lisboa com 2:08:21, mais de dois minutos à frente do segundo classificado, Robert Kwambai, e quase um minuto e meio mais rápido do que o anterior recorde da distância em Lisboa. No feminino, Visiline Jepkesho venceu com 2:26:47, quase cinco minutos abaixo do melhor tempo feminino de 2013.

E não fosse Sara Moreira a meter o bedelho no pódio da Meia Maratona, com um segundo lugar, e todos os prémios acabariam em mãos quenianas. Kosgei Kibet conquistou em 1:01.06 o melhor lugar masculino enquanto Purity Rionoripo levava o feminino, conquistado a Sara Moreira no quilómetro final. Com 1:11:02, a queniana chegou cinco segundo à frente da portuguesa, que está a preparar a estreia na maratona, dentro de um mês, em Nova Iorque. Leonor Carneiro, na sétima posição, foi a segunda atleta nacional, com 1:17.51.

Mas o fim de semana não se fez apenas em Lisboa.

Porto City Race

A terceira edição da prova de orientação inserida no calendário City Race Euro Tour reuniu mais de 700 atletas ao longo de três etapas e mais de três dezenas de percursos pela cidade do Porto. A corrida noturna de sexta-feira, vencida por João Mega Figueiredo, seguiram-se as provas de score (vencedor Bruno André) e de estafetas, no sábado, e a City Race, este domingo, na Foz do Douro. O lituano Jonas Vytautas Gvildys, atleta do top 10 mundial, sagrou-se vencedor com 45:45, seguido de João Mega Figueiredo (46:53) e Albino Magalhães (49:49).

Meia Maratona de Ovar

E uma das mais antigas meias maratonas do país e continua a congregar as atenções do início de época e atrair os grandes nomes do atletismo nacional. Ao pódio de Ovar subiram Rui pedro silva (1:05:53), Daniel pinheiro (1:06:11) e José Moreira (1:06:54). Entre as mulheres, Dulce félix venceu com 1:13 :31, seguida de Filomena costa (1:15:51) e Mónica Silva (1:16:30).

KM Vertical,  Serra da Estrela

A estreia desta subida radical pôs 76 corredores a desafiar a dureza da Estrela entre o Alvoco da Serra e a Torre, numa distância de 3,7 km com um desnível positivo de 1000 metros, desenhada pelo ultramaratonista Armando Teixeira. Guilherme Lourenço foi o mais rápido, chegando à meta em 42:52. Francisco Carvalho chegaria quatro minutos depois e Amândio Antunes (segundo classificado na corrida vertical da Serra D’Arga, a 27 de setembro), ficaria em terceiro, com 47:16. Ester Alves, campeã nacional de Sky Running e vencedora do Grande Trail da Serra D’Arga, voltou a vencer na Estrela, parando na Torre ao fim de 53:07.

Trail das Nozes, Gondomar

A primeira edição da corrida pelos trilhos de Gondomar no dia em que o concelho se engalana para a Festa da Senhora do Rosário, ou das Nozes, foi um sucesso com cerca de 700 atletas a percorrer as serras do Castiçal e das Flores, num percurso a que não faltou tecnicidade e beleza. Victor Teixeira concluiu os 23 km em 1:44:42. Lucinda Sousa, a jogar em casa, chegou à meta às 2:05:37 de prova.

Ao Tom d’Ella Trail Running, Tondela

A prova organizada pela Associação Desportiva Radical de Tondela proporcionou aos atletas distâncias de 30km e 15km pelos territórios de Tondela, Nandufe, Tonda, Lobão da Beira, Lajeosa do Dão e Canas de Santa Maria. A prova maior foi ganha por Uwe borsdorf (2:19:58) e Maria Gerardo (3:16:27).

Corrida da República, Rio Tinto, Gondomar

É mais uma estreia no calendário de provas, num circuito urbano de 10 km, conquistado por André Pereira, com 32:45, e Sofia Teixeira (41:54).

Trail Pinhal Total, Oleiros

A mais longa prova de trilhos de montanha do fim de semana aconteceu em Oleiros, com uma distância de 60km e 25km. Rui da Luz (6:46:04) e Isabel Almeida (9:32:28) conquistaram a distância maior, enquanto a mais curta ficou nas mãos de André Castro (1:31:36) e Natércia Silveste (1:56:36).

0 comentários

Leave a Reply

Faça login para comentar