0
A magia (molhada) da Serra da Freita

A Serra da Freita acolheu no último fim de semana de junho algumas centenas de destemidos para uma corrida e um ultra trail. Chovia e ventava. E fazia frio. Muito. Nada de incontornável quando o terreno é feito de paredes escorregadias, de cascatas majestosas e de rios. Aqui em imagens, captadas por Pedro Lizardo. A prova longa, de 70 km, foi ganha por Luís Duarte. Daniela Marinheiro foi a mais rápida entre as mulheres.

0 comentários

Leave a Reply

Faça login para comentar